Vídeo Game – Vale a pena investir em um projetor para Jogar

02

jul 2016

Por:Silvana Leal
Notícias

NÓS ATENDEMOS SOMENTE EMPRESAS COM CNPJ

A variedade de projetores de tela é imensa. Quando o assunto é jogar em um console de videogame, porém, o aparelho precisa atender a diversos requisitos para reproduzir uma imagem de alta qualidade. Além das características do próprio projetor, variantes como tamanho e luminosidade da sala também interferem na projeção. No entanto, quanto mais avançado o modelo, maior é seu preço.

Leia Também: Apple alerta para trote que pode inutilizar iPhone e iPad

Portanto, será que vale a pena comprar um projetor para exibir games? Neste guia, confira os aspectos que devem ser considerados antes do investimento.

Distância

A primeira coisa que deve ser considerada antes de comprar um projetor é onde o aparelho será instalado. A melhor maneira de calcular a distância exata do eletrônico em relação à parede é através da Projection Calculator Pro, ferramenta online gratuita indicada pelo especialista em projeção Daniel Ribeiro, dono da Qualipix, empresa de equipamentos audiovisuais.

Para usar o software, a primeira coisa a fazer é selecionar marca e modelo do projetor que você quer comprar. Depois que a calculadora mostrar as informações, selecione a opção “Video/Games” na caixa em amarelo.

Há duas maneiras de definir a distância ideal. Se você conta com uma sala grande, é provável que consiga definir esse intervalo a partir do tamanho da imagem desejada. Supondo que queira uma imagem de 100 polegadas, basta ir até a barra “Image Diagonal”, marcar a opção “in” (polegadas) e deixar o cursor na posição 100. Neste caso, a lente do projetor Casio XJ-F210WN deve estar a 3,5 m da parede.

Caso sua sala seja pequena e você só consiga colocar o projetor em um ponto específico, calcule a distância entre este local e a superfície de projeção. Coloque esse valor no campo “Throw Distance” e verifique o tamanho da tela em “Image Diagonal”. No exemplo abaixo, a imagem projetada pelo Casio XJ-F210WN a 2 metros de distância é de 58 polegadas. Note, ainda, que a calculadora também fornece a distância recomendada para o jogador se sentar. Nesta situação, o ideal seria entre 1,8 e 2,8 metros.

Luminosidade

A iluminação é outro fator de extrema importância. Quanto mais o local puder ser escurecido, menor será a exigência de lúmens. Por isso, antes de comprar um projetor para usa com o seu videogame, garanta que a sala tenha cortinas ou qualquer sistema de controle de luminosidade.

Projetores a partir de 3.000 lúmens já apresentam bons resultados em ambientes com pouca luz. “As tradicionais lâmpadas UHE E UHP ainda são as melhores opções. Os novos projetores com lâmpadas de LED oferecem extensa vida útil, mas ainda deixam a desejar em relação à luminosidade”, afirma Daniel Ribeiro.

Resolução e contraste

Junto com o nível de lúmens, a resolução e o contraste são as principais especificações determinantes para um projetor. No caso de aparelhos voltados para jogos, Ribeiro recomenda resolução nativa de pelo menos 1.280 X 800 (WXGA) e o contraste, de 3.000:1.

“Os projetores mais básicos têm resolução VGA. Apesar de alguns serem compatíveis com vídeos 1080p, a imagem projetada ficará embaçada e com baixa definição”, explica o técnico.

Ainda sobre a imagem, o ideal é que seja projetada em uma parede branca, lisa e sem brilho – ou seja, evite pinturas a óleo. Na opinião do fundador da Qualipix, a parede ainda é melhor que telas especiais de projeção.

Melhores modelos e custo-benefício

Os projetores da Optoma podem ser boas opções no mercado brasileiro por conta, principalmente, da ótima relação custo-benefício. Os modelos indicados são o HD26 e HD28DSE, que custam cerca de R$ 9 mil.

O Optoma HD26, por exemplo, tem como principais especificações resolução nativa de 1.920 x 1.080 pixels, luminosidade de 3.200 lúmens e contraste de 25.000:1. O aparelho consegue reproduzir 1,07 bilhões de cores, possui alto-falante de 10 W e traz portas HDMI, USB, de áudio e 3D VESA, para jogos e vídeos em 3D.

Há modelos mais baratos que atendem às especificações mínimas disponíveis no mercado nacional. O NP-M311W, da NEC, por exemplo, possui resolução nativa de 1.280 x 800 pixels, taxa de contraste de 3.000:1 e 3.100 lúmens. O eletrônico, que tem conexões HDMI, RCA e USB, é encontrado por aproximadamente R$ 4.500.

Vale a pena comprar um projetor?

A resposta final vai depender da sua motivação ao comprar um projetor. Antes de mais nada, é preciso ter em mente que sempre haverá alguma perda na qualidade de imagem em relação à emitida direto por um monitor. Por isso, se o mais importante para você é uma imagem impecável, prefira uma TV de alta resolução.

O cenário muda se o seu foco é o tamanho da imagem. Vamos pegar como exemplo o Optoma HD26, já mencionado antes, que custa em média R$ 9 mil. Esse aparelho consegue projetar uma imagem de 100 polegadas a 3,4 m, reproduzindo games com fidelidade.

As TVs com esse tamanho não saem por menos de R$ 30 mil, independentemente da marca. Além das dimensões grandes, as fabricantes colocam nestes aparelhos a mais alta qualidade de resolução e som, o que os encarece ainda mais. Para efeito comparativo, a Samsung Smart UN105S9W UHD TV, de 105 polegadas, chegou ao Brasil com preço de mais de R$ 100 mil.

Por isso, se sua ideia é montar uma sala de game para jogar com os amigos, investir em um projetor significa economizar bastante dinheiro. O mais importante é que você saiba exatamente o que prioriza antes de comprar o aparelho.

Via: techtudo

 

NÓS ATENDEMOS SOMENTE EMPRESAS COM CNPJ

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

R. Rio Grande do Sul, 1040 - Lourdes, Belo Horizonte - MG, 30170-111

(31) 3335-3000 |

aluguel@compumake.com.br