Evolução do notebook: do primeiro notebook até as máquinas mais modernas, acompanhe!

Desktops: Confira dicas essenciais para manter o computador em pleno funcionamento!
17

maio 2022

Por:Henrique Guimarães
Desktops | Dicas | Geral | Mercado | Notebooks | Notícias | Novidades | Tecnologia

Antigamente tudo era papel. Até cerca de 80 anos atrás, havia dispositivos que usavam algoritmos simples para realizar cálculos complexos. Quarenta anos se passaram desde o primeiro computador mecânico até o primeiro laptop. Até o momento, mais de 40 marcas anunciaram alguns dos chips mais poderosos já construídos, alimentando máquinas com peso inferior a 2 kg.

Como toda invenção, o primeiro computador surgiu de algo preexistente. Alan Turing é conhecido por seu pioneirismo na ciência da computação e da programação, mas foi o engenheiro mecânico Charles Babbage que inventou o primeiro equipamento considerado um computador mecânico, no século XIX.

Na década de 1940, surgiram os primeiros computadores de uso geral, que usavam algoritmos simples para perfurar cartões e entregar resultados de cálculos complexos. A fundação da Hewlett-Packard é um marco, com seu Oscilador de Áudio HP200A, equipamento para notebooks usado pela Disney para produzir efeitos sonoros para o cinema.

A Primeira Geração é marcada por computadores a válvula, tendo o Eniac (Electronic Numerical Integrator and Computer) como um de seus principais representantes, criado em 1946, durante a Segunda Guerra Mundial, nos Estados Unidos, por John Eckert e John Mauchley.

Dos transistores, nos anos 1950, passando pelos microprocessadores nos anos 1960, chegamos aos microcomputadores, nos anos 1970. A Quinta Geração teve o Kenback 1 e o Xerox Scelbi SH, já considerados computadores pessoais.

E em 1976, Steve Wozniak apresenta o Cray I, primeiro computador com processamento vetorial de sucesso comercial que foi rebatizado de Apple I, com a fundação da empresa e a entrada do sócio Steve Jobs.

A popularização dos computadores pessoais se completa com a entrada de empresas como IBM, Commodore e Compaq no mercado. Em 1984, a Apple lança o Macintosh, primeiro computador com interface gráfica vendido comercialmente.

Primeiros notebooks

O Osborne 1, desenvolvido por Adam Osborne em 1981, foi o primeiro computador portátil comercialmente bem-sucedido. Porém, ele não era no formato “concha”, que une tela e teclado por meio de dobradiças.

Apresentado em 1982, o GRiD Compass é reconhecido internacionalmente como o primeiro notebook do mundo. Primeiro modelo com o formato “concha”, ele era pesado e caro: tinha 5 kg e custava cerca de US$ 8 mil na época, o que impediu sua popularização. Mas foi adotado pela NASA e por forças militares dos EUA.

No mesmo ano, foi lançado o Epson HX-20, que tinha tela de cristal líquido (LCD) monocromática e foi o primeiro modelo a vir com bateria. Em 1983, é apresentado o Gavilan SC, o primeiro computador portátil a vir com touchpad e também o primeiro a ser chamado de laptop.

Ainda em 1983, a Kyocera lança o TRS-80 Modelo 100, o primeiro notebook dobrável como um caderno. Ele contava com processador 8-bit Intel 80c85, memória de até 32 KB e display LCD.

Lançado em 1986, o IBM PC Convertible foi um dos primeiros laptops da empresa e a usar drives de disquete de 3” ½, que havia se tornado padrão no mercado. Ele era equipado com memória RAM de 256 KiB e processador Intel 80c88 em 4,77 MHz.

O Compaq SLT/286, de 1988, é o primeiro laptop com bateria capaz de suportar uma unidade de disco rígido interna. E pela primeira vez, um notebook vinha com tela colorida VGA, além do processador 286 com 12 MHz de frequência, 20 MB de HD e 640 KB de memória RAM.

Finalmente, em 1992, a IBM apresenta o Thinkpad, equipamento que muda a história dos computadores portáteis. Ele rodava o sistema Windows e funcionava com um processador 486 de 50 MHz e 4 MB de memória RAM. Outro diferencial era o trackpoint, uma espécie de pino localizado no meio do teclado para substituir o mouse.

Enquanto diversas empresas mandavam seus notebooks com diversos cabos para os consumidores, a Apple decide mudar a história. Em 1999, a maçã apresenta o iBook, primeiro laptop com conexão à Internet sem fio. Ele vinha com processador PowerPC G3 (750) com 300 MHz e 32 ou 64 MB de memória RAM.

Em um mercado já consolidado, mais dois lançamentos marcam a história. O Sting 917X2 (2005) e o MacBook Pro (2006). O Sting foi o primeiro modelo equipado com configurações poderosas para rodar jogos em um notebook, em razão do processador AMD 64 X2 Dual Core 4800+, tela de 17” (1900×1200), memória RAM de até 2 GB e disco rígido de 240 GB, além de placa de vídeo NVIDIA 7800 GTX.

Por sua vez, o MacBook Pro foi o primeiro computador da Apple com processador Intel, o Core Duo, substituído em seguida pelo Intel Core 2 Duo e memória RAM de até 4 GB. Somente em 2020, a Apple lançou um Macbook com processador próprio, o M1, e começou a finalizar sua parceria com a Intel nesse segmento.

O mercado dos computadores portáteis se diversificou, com a entrada de diversas empresas, como Dell, Asus, Samsung, LG, Sony, Lenovo e Positivo. O consumidor atualmente encontra opções de entrada, para estudar, Internet e consumir entretenimento, aos mais potentes notebooks para empresas, designers, criadores de conteúdo e editores de vídeo.

Para não falar do mercado gamer, que é uma categoria especial para atender às demandas dos jogos mais desafiadores e exigentes graficamente.

Finalmente, laptop ou notebook?

Apesar de usarmos os termos laptop ou notebook como sinônimo, existia uma diferença.

Nos anos 1980, o notebook, que significa caderno, foi escolhido para os dispositivos porque eles se limitavam à edição de texto e outras tarefas mais básicas.

Já os laptops foram batizados assim porque eram máquinas para serem usadas no colo, apoiadas nas pernas – mesmo que a maioria dos modelos não seja feita para isso. Com muitos computadores, o usuário corre não só o risco de obstruir a refrigeração da máquina, mas também do incômodo do calor e até sofrer queimaduras nas pernas.

De toda forma, nos anos 1990 e 2000, o mercado chamava de notebooks os computadores portáteis menores, com telas de 12 a 14 polegadas, e destinados a atividades básicas, enquanto os laptops eram um pouco mais robustos, com telas de 14 a 17 polegadas, e com maior performance.

Visite o Shoptime para pesquisar as opções de notebook e conferir os computadores e acessórios em oferta. Você pode comprar pelo site ou baixar o app Shoptime, que tem vantagens exclusivas e permite acompanhar a sua entrega.

Via: https://www.techtudo.com.br/noticias/2022/05/evolucao-do-notebook-do-primeiro-laptop-as-maquinas-mais-modernas.ghtml

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

R. Rio Grande do Sul, 1040 - Lourdes, Belo Horizonte - MG, 30170-111

(31) 3335-3000 | (31) 98466-1555 | (31) 98466-1567

(31) 98466-1555 e (31) 98466-1567

aluguel@compumake.com.br