Como declarar Imposto de Renda sem Computador

19

mar 2016

Por:Silvana Leal
Notícias

Receita permite preenchimento e envio via tablets e smartphones. Bibliotecas públicas, faculdades, lan houses e cyber cafés são opções.

Leia Também: O que é a tecnologia HDR nas TVs

A Receita Federal não oferece mais a alternativa de preenchimento manual da declaração do Imposto de Renda nem a entrega em postos do Fisco ou agências de bancos estatais, como ocorria há alguns anos. Pela regra atual, a internet é o único meio para enviar o documento. Mas como fica a situação de quem não tem computador e internet em casa?

“Hoje, o preenchimento deve ser feito por um dispositivo eletrônico (computador, smartphone ou tablet). Quem não tiver um dispositivo como estes, deve recorrer a um local que permita o uso temporário de equipamentos, como bibliotecas públicas, uma lan house ou cyber café, ou pedir para que alguém que possua o equipamento transmitir as informações para o programa”, explica o especialista Marcos Piellusch, pesquisador do Ibevar (Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo).

A Receita entende que a obrigatoriedade de envio exclusivamente pela internet não representa um problema, uma vez que o universo de brasileiros que está obrigado a fazer a declaração do IR (que ganha mais de R$ 28 mil por ano) tende a morar em uma residência com computador e internet, ou pelo menos possui smartphone ou tablet.

Desde 2014, a entrega da declaração do Imposto de Renda pode ser feita por meio de tablets e smartphones, por meio do aplicativo APP IRPF, disponível nas lojas de aplicativos Google Play, para o sistema operacional Android, ou App Store, para o sistema operacional iOS.

Segundo a Receita, do total de 27,8 milhões de declarações entregues no ano passado, apenas 57.756 foram enviadas por smartphones e tablets.

Faculdades oferecem ajuda
É comum contribuintes pedirem ajuda para familiares ou amigos que tenham computador com internet. Outra alternativa é solicitar ajuda de especialistas e de serviços de orientação ao contribuintes.

Diversas faculdades oferecem serviço gratuito de auxílio para preenchimento e envio da declaração do IR, solicitando apenas a doação de alimentos. Entre as instituições que já oferecem plantões de atendimento em São Paulo estão a Universidade Metodista (saiba mais sobre datas e horários) e a Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Obrigatoriedade e fim do prazo
Neste ano, o prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda termina em 29 de abril. Se o contribuinte entregar depois do prazo ou não declarar, caso seja obrigado, poderá ter de pagar multa de 1% ao mês-calendário ou fração de atraso, calculada sobre o total do imposto devido, ou uma multa mínima de R$ 165,74. O Fisco espera receber 28,5 milhões de declarações em 2016.

Deve declarar IR neste ano o contribuinte que recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.123,91 em 2015. De acordo com a Receita Federal, também estão obrigados os contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado, entre outros.

Fonte: http://g1.globo.com

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

R. Rio Grande do Sul, 1040 - Lourdes, Belo Horizonte - MG, 30170-111

(31) 3335-3000 | (31) 98466-1555 | (31) 98466-1567

(31) 98466-1555 e (31) 98466-1567

aluguel@compumake.com.br