Seu computador está lento? O Monitor de Desempenho do Windows pode te ajudar.

16

Jul 2016

Por:Silvana Leal
Notícias

Em momentos de desespero, você certamente já se deparou com inúmeros programas que prometem deixar seu computador tinindo, como novo, e talvez até já tenha baixado um deles e, logo em seguida, se decepcionou. Na grande maioria das vezes, esses aplicativos não entregam o que prometem e podem até mesmo instalar malwares, que prejudicam mais ainda o desempenho do computador e põem seus dados pessoais em risco.

Leia Também: Projetor da Sony transforma qualquer superfície em tela touch

Diante disso, a pergunta que não quer calar é esta: o que fazer quando o computador está lento? Como descobrir o que está acontecendo? E, mais importante de tudo, como consertar o PC? Pensando nisso foi que a Microsoft desenvolveu o Monitor de Recursos e Desempenho, uma ferramenta que já vem embutida no Windows, mas que fica escondida nos confins do sistema operacional, pouco acessível para o usuário comum. Apesar disso, essa valiosa ferramenta é capaz de gerar relatórios para informar ao usuário o que há de errado no computador, bem como sugerir ações para corrigir os problemas. Portanto, se você está com seu computador pesado, engasgando e travando a todo instante, o Monitor de Recursos e Desempenho do Windows pode ajudar você.

Veja como usá-lo e como se aproveitar de seus relatórios para deixar o computador como novo. Aprendendo a gerar relatórios Através dos relatórios, o Monitor de Recursos e Desempenho indica o que está funcionando corretamente e o que está impedindo de o computador funcionar melhor. Para fazer com que a ferramenta analise seu PC e gere um relatório para você, basta pressionar as teclas WIN + R no teclado para abrir a caixa “Executar”. Nela, digite o comando a seguir e pressione o botão “OK”:

Neste momento, a janela do Monitor de Recursos e Desempenho aparecerá e começará a monitorar o seu computador pelo período de 60 segundos. A partir disso, ele montará o relatório de desempenho da sua máquina, indicando o que está funcionando bem e o que merece atenção nele.

Entendendo o relatório gerado Assim que a coleta for finalizada, você será apresentado a um relatório bastante detalhado, que exibe uma série de informações e sugestões de ações a serem tomadas. A primeira porção do diagnóstico contém uma seção de “Avisos”. Nela, você verá informações relacionadas ao que há de errado no seu sistema e recomendações do que pode ser feito para corrigir essas falhas. Por exemplo, na captura de tela abaixo vemos que o Monitor de Desempenho identificou uma falha relacionada a um serviço, que provavelmente parou de funcionar, e outra relacionada ao log de eventos, que deixou de registrar uma quantidade considerável de atividades do sistema operacional. Nesses casos, há duas coisas a serem feitas: a primeira delas é clicar no link ao lado de “Relacionado” para ver detalhes sobre problemas do tipo na documentação oficial da Microsoft.

Em segundo, pode-se clicar no link ao lado de “Sintoma” para contemplar detalhes adicionais sobre a falha técnica em si. Esta última ação é a mais recomendável caso você queira buscar por uma solução por conta própria, já que os detalhes lhe ajudarão a encontrar informações específicas sobre aquele problema específico.

Rolando o relatório para baixo, é possível ver a seção “Verificações Básicas do Sistema”. Se o seu computador estiver funcionando adequadamente, você verá uma bolinha verde na coluna “Resultado” com a confirmação de que ele “Passou” naquele teste em particular. Esses testes contemplam desde o correto funcionamento dos seus discos rígidos até a verificação individual de cada um dos serviços em execução no seu sistema operacional. Caso haja algum problema, uma bolinha vermelha aparecerá ao lado dos dizeres “Falhou”, e você poderá expandir a seção para averiguar o que há de errado ali.

Logo na sequência, a aba “Visão Geral do Recurso” da seção “Desempenho” mostra informações sobre como os recursos do seu PC estão sendo utilizados. Aqui, é importante ficar atento à carga de utilização da CPU, rede, disco rígido e, sobretudo, memória RAM. Caso perceba que um desses recursos está sendo utilizado em demasia, quando na verdade você só está com o navegador aberto, isso pode ser um forte indício de que um software malicioso está sendo executado em segundo plano.

Finalmente, o relatório conta com várias outras seções, que exibem informações bastante detalhadas e técnicas a respeito do funcionamento do seu computador. A não ser que você realmente queira mergulhar de cabeça nisso tudo, não será necessário navegar por essas divisões, já que é possível ter uma boa noção sobre haver algo errado com sua máquina na parte superior do relatório.

Exportando o relatório para visualização Se você não conseguir identificar se há algo de errado com seu computador, uma boa dica é recorrer a fóruns especializados em manutenção de computadores e remoção de malwares, onde usuários se ajudam a solucionar os problemas uns dos outros. Nesses ambientes, é bastante comum pedir para anexar um arquivo de log e de diagnóstico para que os participantes analisem o que está ocorrendo no computador e possam sugerir as devidas providências. Por sorte, o Monitor de Recursos e Desempenho oferece a opção de exportar o relatório gerado para HTML. Para isso, basta clicar em “Arquivo” e em “Salvar como…”. Na janela que se abre, indique o diretório no qual o arquivo será salvo, dê um nome a ele e clique em “Salvar”.

Caso queira visualizar o seu próprio relatório posteriormente, basta acessar o Monitor de Recursos e Desempenho a partir da janela “Executar” digitando o comando a seguir: perfmon

Na janela que se abre, na porção à esquerda, siga pelo caminho “Relatórios”, “Sistema”, “System Diagnostics” e escolha o relatório que deseja visualizar.

Como você pôde ver, essa ferramenta certamente não ajudará a solucionar todos os problemas que seu computador vier a apresentar, mas é um bom ponto de partida para que você saiba se há algo de errado com ele e que providências podem ser tomadas. Com as informações obtidas no Monitor de Recursos e Desempenho, o usuário poderá buscar por soluções para problemas específicos, sem achismos e medo de errar.

Via: canaltech

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

R. Rio Grande do Sul, 1040 - Lourdes, Belo Horizonte - MG, 30170-111

(31) 3335-3000

aluguel@compumake.com.br